quinta-feira, 12 de maio de 2011

Para quem apoia a causa animal, mais uma vitória!!!!

Retratação
Após protestos de internautas, loja Capitollium retira fotos de animais caçados
10 de maio de 2011

Por Maurício Varallo (da Redação)

Após matéria divulgada na ANDA e mobilização virtual promovida pelo Olhar Animal, a loja de vestuário feminino Capitollium, de Curitiba/PR, retirou de seu site as fotos que exibiam um homem portando arma de fogo e, em suas mãos, dois animais abatidos. As imagens mostravam ainda um cão, sugerindo ser um animal explorado para matar outros animais. Em resposta aos internautas que se manifestaram contra a falta de ética na campanha, a empresa enviou mensagem pedindo desculpas ao público e informando ter excluído as fotos e o catálogo dos produtos de sua página na internet.


Veja a íntegra desta mensagem abaixo:

“ Prezado Consumidor,
Obrigado pelo seu contato e pela sua crítica. Valorizamos o diálogo, as diferentes opiniões e acreditamos na transparência como forma de manter uma boa relação com nossos clientes e com a sociedade em geral. Portanto, gostaria de esclarecer que o tema da caça não foi escolhido com o intuito de fazer qualquer apologia aos maus-tratos com animais, tampouco incitar a violência. Nossa intenção foi fazer uma referência de estilo. Mas entendemos que as pessoas têm diferentes visões e interpretações e nos desculpamos por qualquer ofensa que tenhamos cometido. As fotos foram retiradas do site e o catálogo já está fora de circulação. Também gostaria de deixar claro que a Capitollium não comercializa peças com peles de animais silvestres. As estolas de raposa que aparecem na foto são da marca Dior, tem mais de 50 anos, e foram emprestadas de brechós. A Capitollium é uma empresa que respeita o meio ambiente e os direitos dos animais.
Atenciosamente,
Equipe Capitollium”

 
As mobilizações pela internet tem se mostrado eficazes na defesa dos interesses dos animais. Na área da moda, três grandes marcas (Iódice, Colcci e Arezzo) recentemente se comprometeram a nunca mais usar peles de animais em suas peças após receberem grande quantidade de mensagens repudiando esta exploração.

No último sábado, uma grande mobilização fez com que o repúdio à venda de peles pela empresa Le Lis Blanc, que se recusa a abandonar este tipo de exploração dos animais, fosse o quarto assunto mais comentado no país na rede social Twitter.

Nota da Redação: Parabéns aos ativistas que acreditaram em seu poder como cidadãos e consumidores, e se dispuseram enviar mensagem de protesto à Capitollium. A má repercussão da exploração de animais têm feito com que muitas empresas repensem sua comunicação e também sua linha de produtos, atendendo às exigências éticas de um público cada vez maior e mais esclarecido, que não aceita o abuso e as crueldades cometidos contra os animais.

Meu Deus, como pode??? Num época em que tanto se fala sobre a proteção ambiental, o repúdio aos maus tratos, proteção animal, ainda surgem imagens estarrecedoras como esta.
Sem palavras!!!
Ainda bem que nós adeptos a esta causa ainda temos poder em nossas manifestações.

Bjs

2 comentários:

Dida - Futura Ex-Gordinha disse...

Estou nessa com vocês!
Um absurdo contra animais!
Beijos

Sammy Leilane disse...

isso me deixa muito feliz, finalmente a causa animal tá conseguindo mais respeito aos animais como um todo... se nao resolver o problema, pelo menos mais respeito a eles teremos! uma ótima semana! bjus!

Postar um comentário